As Instruções do Rei Cormac

“Oh, Cormac, neto de Conn,” disse Carbery, “quais são os deveres de um chefe e de uma cervejaria?”

“Não é difícil dizer,” disse Cormac

Bom comportamento rodeia um bom chefe

Luz para lampiões

Se empenhar pela companhia

Uma organização adequada das cadeiras

Liberdade aos serventes,

Uma mão hábil ao servir

Serviço atento

Música em moderação

Curta contagem de historias

Uma expressão alegre

Boas-vindas aos convidados

Silencio durante recitais

Coros harmoniosos”

 

“Oh Cormac, neto de Conn,” disse Carbery, “Quais eram teus hábitos quando rapaz?”

Não e difícil dizer,” disse Cormac

Eu fui um ouvinte nas florestas

Eu fui um observador de estrelas

Eu fui cego onde segredos eram envolvidos

Eu fui silencioso em um ermo

Eu fui loquaz entre muitos

Eu fui suave no salão do hidromel

Eu fui austero em batalha

Eu fui suave para os aliados

Eu fui um médico do doente

Eu fui fraco para os fracos

Eu fui forte para os poderosos

Eu não fui intimo para que não fosse um fardo

Eu não fui arrogante embora fosse sábio

Eu não fui dado a promessas embora eu fosse forte

Eu não fui venturoso embora fosse ágil

Eu não zombei dos velhos embora eu fosse jovem

Eu não me gabei embora eu fosse um bom líder

Eu não falaria de alguém em sua ausência

Eu não reprovaria, mas louvaria

Eu não pediria, mas daria

Pois é através desses hábitos que o jovem se torna velho e lidera guerreiros”

 

“Oh, Cormac, neto de Conn,” disse Carbery, “Qual foi a pior coisa que já viste?”

Não é difícil dizer,” disse Cormac

“As faces do inimigo em batalha”

 

“Oh Cormac, neto de Conn,” disse Carbery, “Qual a coisa mais doce que ouviste?”

Não é difícil dizer”, disse Cormac

“O grito do triunfo após a vitória,

Louvores após o trabalho,

O convite de uma dama para seu travesseiro.”

 

“Oh Cormac, neto de Conn,” disse Carbery, “Qual a pior coisa para o corpo do homem?”

Não é difícil dizer,” disse Cormac,

Se sentar por muito tempo,

Se deitar por muito tempo,

Se esforçar além de suas forças,

Correr demais,

Saltar demais,

Quedas frequentes,

Dormir com uma perna sobre a amurada da cama,

Olhar para brasas acesas,

Cera,

Encolerizar-se,

Cerveja nova, carne de vaca,

Coalhada,

Comida seca,

Agua parada,

Se levantar cedo demais,

Frio,

Sol,

Fome,

Beber demais,

Comer demais,

Dormir demais,

Se entristecer demais,

Dor

Correr para um cume,

Gritar contra o vento,

Se secar ao lado do fogo,

Orvalho de verão,

Orvalho de inverno,

Inspirar cinzas,

Nadar de estomago cheio,

Dormir de costas,

Brincadeiras imprudentes.”

 

Oh, Cormac, neto de Conn,” disse Carbery, “Quais são as piores defesas e argumentos?”

“Não é difícil dizer,” disse Cormac

Lutar contra o conhecimento,

Afirmar sem provas,

Tomar refúgio na má linguagem,

Uma entonação difícil,

Um discurso emudecedor,

Fendas nos cabelos,

Provas incertas,

Desprezar livros,

Se virar contra a tradição,

Mudar a alegação de alguém,

Incitar a multidão,

Soprar sua própria trombeta,

Gritar acima da voz de alguém”

 

Oh Cormac, neto de Conn,” disse Carbery, “Quem é o pior que tens por comparação?”

Não é difícil dizer,” disse Cormac

Um homem com a insolência de um satirista,

Com a vergonha de uma escrava,

Com a desatenção de um cão,

Com a consciência de um mastim,

Com a mão de um ladrão,

Com a força de um touro,

Com a dignidade de um juiz,

Com a engenhosa sabedoria afiada,

Com a fala de um homem imponente,

Com a memória de um historiador,

Com o comportamento de um abade,

Com a palavra de um ladrão de cavalos,

E ele, sábio, mentiroso, grisalho, violento, ofensivo, tagarela, quando diz “o assunto está esclarecido, eu juro, você deve jurar.”

 

Oh Cormac, neto de Conn,” filho de Conn, disse Carbery,”Eu desejo saber como devo me comportar entre os sábios e tolos, entre amigos e estranhos, entre velhos e jovens, entre inocentes e terríveis.”

Não é difícil dizer,” disse Cormac

Não seja tão sábio, não seja tão tolo,

Não seja tão vaidoso, não seja tão tímido,

Não seja tão arrogante, não seja tão humilde,

Não seja tão loquaz, nem tão silencioso,

Não seja tão duro, nem tão fraco,

Se você for muito sábio, eles vão esperar muito de você

Se você for muito tolo, você será enganado

Se você for muito vaidoso, será visto como irritante

Se você for muito humilde, você estará sem honra

Se você for muito loquaz, você não terá muita atenção

Se você for muito silencioso, você não será estimado

Se você for muito duro, será quebrado

Se você for muito fraco, será esmagado.”

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s